DESCENTRALIZAÇÃO E REPRESENTAÇÃO LOCAL NO CHILE E URUGUAI.

Pedro Jehle de Araujo Gouvêa

Resumo


Este trabalho analisa como se estruturam os órgãos colegiados de representação local no Chile e Uruguai. Para isso, é feita uma análise documental e bibliográfica sobre os dois casos, em seguida, se traçam os principais paralelos e diferenças dos órgãos representativos locais nos dois países. A análise dos dois casos pode ser útil para a compreensão do processo de descentralização latinoamericana que acompanha a redemocratização do continente nas últimas décadas: a natureza desse processo e por que lógica se orienta, quem são os principais atores políticos envolvidos e em que nível ele se encontra são algumas das perguntas que os casos uruguaio e chileno podem nos ajudar a responder. 


Texto completo:

PDF


 

O periódico está cadastrado no Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras, no Portal de Periódicos da ANPOCS - Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciências Sociais, no indexador internacional Journals For Free, no Livre e no Sumários.org.

       




CSOnline - Revista Eletrônica de Ciências Sociais da UFJF - ISSN 1981-2140 -